Segurança do Trabalho

A segurança dos trabalhadores (empregados e funcionários) tornou-se uma questão que afeta não somente aqueles que sofrem com acidentes de trabalho, mas também o clima organizacional, como a própria reputação da organização. Mas a segurança não é um fator que depende única e exclusivamente dos esforços da corporação para propiciarem condições seguras no trabalho; é preciso que faça parte do comportamento do funcionário.

A partir desta visão, Hogan desenvolveu um relatório voltado para a segurança no trabalho, baseado no Inventário Hogan de Personalidade – que avalia os seis componentes do comportamento associados a uma atitude segura –ou não– no trabalho. Além disso, o relatório traz uma avaliação da empregabilidade geral do candidato.

As organizações podem contar com duas versões deste relatório: a primeira é o Hogan Segurança – Seleção, que apresenta graficamente e em narrativa os pontos fortes e preocupações sobre o comportamento associado à segurança no trabalho, além de uma recomendação quanto a três aspectos que influenciam a empregabilidade em geral: confiabilidade, autocontrole e foco no cliente.

A segunda versão, Hogan Segurança – Desenvolvimento, agrega uma perspectiva de desenvolvimento, oferecendo as pistas de áreas a serem exploradas num programa de treinamento e aconselhamento sobre comportamentos seguros no trabalho.